Make your own free website on Tripod.com

Sabath de Mabon ou Equinócio de Outono

Data : Por volta de 21 de Março no Hemisfério Sul e 22 de Setembro no Hemisfério Norte

Nomes Alternativos : Equinócio de Outono, Colheita dos Vinhos, Banquete de Avalon

Cores : Laranja, Vermelho, Marron, Verde e Amarelo

Símbolos : Maçãs, Abóbora, Cornucópia

Cristais : Ágata, Lápis-Lazuli, Safira, Cornalina

Alimentos : Derivados de milho, Trigo e todos os tipos de raízes e sementes tais como: cenouras, batatas e nozes

Bebidas : Vinho, Sucos de Frutas e Consumê

Frutas : Maçãs e Romãs

Incensos : Benjoim, Mirra e Sálvia

- Material necessário para realização do Sabath :

Instrumentos mágicos usuais

1 Chifre de boi ou búfalo enfeitado com fitas de várias cores

Moedas

Espigas de Milho Crú

Incensos de Mirra

Várias velas marrons, verdes e amarelas

Taça com Água

Grãos de Cereais em Geral

Caldeirão com uma vela Preta apagada

- Procedimento :

Espalhe as velas e os incensos por toda parte e acenda-os, coloque o chifre, as fitas, as moedas, as espigas e milho, a taça e os grãos crus sobre o altar.

O caldeirão com a vela apagada é colocado aos pés do altar.

Consagre o círculo mágico e após consagrá-lo diga :

Luz e Escuridão são iguais, porém aqueles que conhecem a Arte sabem que tudo tem seu próprio ritmo, pois aquilo que esta embaixo é como aquilo que esta em cima. Tudo o que esta em baixo deve subir e tudo o que esta acima deve descer. É a lei da vida, é a eterna Roda do Ano e seus ciclos.

Acenda a vela do caldeirão e diga :

A Roda do Ano segue imutável e incansavelmente seu ritmo. Que a Senhora da abundância e Fartura e o Senhor das Folhagens e da Colheita possam me ( nos ) abençoar .

Após acender a vela do caldeirão erga o chifre acima do altar dizendo :

Que a Sagrada Cornucópia símbolo da prosperidade e riqueza espalhe sua sagrada luz sobre mim ( nós ) e meus ( nossos ) entes queridos.

Que assim seja e que assim se faça !

Comece então a amarrar as fitas coloridas no chifre, mentalizando a concretização de seus desejos. Caso mais pessoas estejam presente na celebração do Sabath cada uma delas deve amarrar uma fita no chifre mentalizando seus pedidos.

Após atar todas as fitas no chifre, comece à colocar dentro dele as moedas e os grãos mentalizando abundância, fartura, sucesso e prosperidade, então diga :

Oh Grande Deusa de onde provém toda vida, abençoada seja ti Senhora da Prosperidade e da Fartura, que o mistério da vida seja revelado porém selado, e que seus frutos possam me ( nos ) sustentar, através do mistério do renascimento presente em cada semente.

Com o chifre erguido aos céus em sinal de apresentação, comece a andar pelo círculo no sentido horário até completar 3 voltas, tenha em mente que é por causa do renascimento das sementes que você e todos os seres da Terra serão nutridos e assim poderão continuar sua caminhada rumo à evolução.

Coloque o chifre sobre o altar, pegue a taça erga-a aos céus dizendo :

Que através do poder da água, todos os frutos da Terra possam ser fertilizados, Oh Senhor da Colheit, das Folhagens e da Fartura e Senhora da Abundância e Prosperidade, é a vós e por vós que é feita esta libação.

Tome um pequeno gole da água e depois derrame no chão, recoloque a taça sobre o altar, amarre uma fita vermelha em cada uma das espigas e coloque suas mãos sobre elas em forma de consagração por alguns segundos, tendo em mente que elas trarão a você e aos seus amigos e familiares muita fartura e sorte.

Desfaça o círculo mágico agradecendo o auxílio dos Deuses.

P.S.: Presenteie seus amigos e familiares com as espigas de milho que foram amarradas com as fitas vermelhas, diga para eles colocarem na cozinha, pois são talismãs que atraem prosperidade e fartura.

Coloque o chifre sobre a porta de entrada de sua casa, no Sabath de Mabon do ano seguinte troque os grãos enterrando os velhos.