Make your own free website on Tripod.com

Os Instrumentos da Wicca

 

As ferramentas são Instrumentos importantes e necessários na Arte, usados em Rituais Wicca, tem sua origem perdida no tempo. São importantes focos de concentração, e podem alterar o estado de consciência, por isso devem ser usados corretamente, com o propósito de fazer rituais, invocar deidades, tirar negatividade, ou dirigir a energia através de nosso toque e intenção. Para praticar Wicca você pode pelo menos ter algumas dessas ferramentas. Procure em lugares especializados que você achará essas preciosidades. Alguns lugares nos Estados Unidos também possuem catálogos, e é muito útil em alguns casos para achar ferramentas mais difíceis de serem encontradas no Brasil.

Elas enriquecem os rituais e simbolizam energias. Algumas pessoas dizem que devemos usar as ferramentas mágicas até acharmos que elas não nos tem mais utilidade, ou seja, enquanto nos sentirmos confortáveis com elas. Depois de adquirido cada um dos instrumentos, comece a familiarizar-se com eles, descobrindo suas energias e utilidades. É necessário que cada instrumento passe por um ritual de purificação antes de ser utilizado. Aqui vai uma lista das principais ferramentas usadas na Arte.

A Consagração

Os instrumentos mágicos devem passar por um rito de consagração assim todas as influências negativas serão afastadas e eles ganharão mais força e poder, para tanto você vai precisar de :

Água e Sal

Pote de inox com álcool em chamas

Pote com terra ou argila

Incenso de Sândalo

Procedimento :

Abra o círculo mágico, coloque o pote de inox com o álcool sobre o altar e acenda-o, finque o instrumento a ser consagrado na terra ou na argila dizendo :

Eu planto este(a) ( diga o nome do instrumento ) na terra que é o ventre da Grande Mãe, em nome da Deusa e do Deus eu te purifico, consagro e abençoo pela força do elemento Terra para que obtenhas a virtude da resistência e firmeza. Que este(a) ( diga o nome do instrumento ) tenha poder de fertilizar e direcionar as energias que serão invocadas.

Passe o instrumento na fumaça do incenso e diga :

Em nome da Grande Mãe e do seu consorte o Deus Chifrudo eu te purifico, consagro e abençoo pela força do elemento Ar para que obtenhas força, poder da mente e domínio da magia.

Sopre 3 vezes sobre o instrumento dizendo :

Que através deste sopro eu sopre a vida neste(a) ( diga o nome do instrumento ), que minha própria energia esteja presente em ti e que à partir de hoje você sejá parte de mim, responda só a mim e que me ajude e me proteja.

Passe o instrumento 3 vezes sobre o fogo do pote e diga :

Pelo fogo purificador seu passado e presente são apagados, em nome da Deusa e do Deus eu te purifico, consagro e abençoo pela força do elemento Fogo para que obtenhas a energia da luz e vigor.

Depois respingue a água com sal sobre o instrumento e diga :

Pela água da transmutação seu passado e presente são apagados, em nome da Deusa Tríplice e do bondoso Deus fecundador eu te purifico, consagro e abençoo pela força do elemento Água para que obtenhas o poder do amor, compreensão e entendimento.

Coloque suas mãos sobre o instrumento mágico na forma de benção e imagine uma forte luz branca que entra pelo centro da sua cabeça e saí pelas mãos envolvendo todo o instrumento, imagine esta luz entrando e se fixando no instrumento então diga :

Deusa da Lua e Deus do Sol que este instrumento tenha a virtude necessária para meus trabalhos mágicos, que ele seja consagrado através de seu poder, que ele possa servir aos propósitos para qual for usado.

Oh Deuses Antigos da Colina que fica ao Norte ouçam o meu chamado, venham emanar suas energias divinas a este instrumento de força e poder.

Que assim sejá e que assim se faça.

Após este rito seu instrumento estará consagrado e cheio de forças mágicas. A partir daí só você poderá tocar nele pois se outra pessoa fizer isto o poder mágico do instrumento será anulado e você terá que reconsagrá-lo.

Caldeirão

Embora algumas tradições discordem o caldeirão é o instrumento mais importante e significativo para as Bruxas, ele representa o útero da Grande Mãe, ou sejá, a origem do Universo e de toda a Vida. Dele viemos e para ele retornaremos eternamente.

É no caldeirão que as Bruxas preparam os feitiços, as poções e acendem o fogo para os rituais quando não é possível acender uma fogueira ao ar livre. Nele se realiza a grande alquimia universal. Em muitos feitiços ele pode conter água ou vinho energizado pela luz da Lua.

De preferência ele deve ser de ferro com três pés representando os três aspectos da Deusa. Na falta de um caldeirão uma panela ou tigela pode substituir desde que não sejá de material sintético como teflon, plástico ou alumínio. O caldeirão está associado ao elemento Água.

O caldeirão pode ser usado também como instrumento de divinação, muitos bruxos enchem seu caldeirão com água na noite de Samhain e os utilizam como espelhos mágicos para olhar o futuro ou o passado.

Athame

O Athame é um Instrumento de invocação do Deus e da Deusa. É uma faca de dois gumes com um cabo preto e deve ser usado apenas com propósitos ritualísticos. É o Instrumento do Elemento Ar, e é usado para abrir e fechar o Círculo Mágico, para simbolizar o encontro do Deus com a Deusa ( no caso de, por exemplo, "cortar" a água ou o vinho simbolizando a Deusa, com o Athame que simboliza o Deus ) para canalizar a energia em determinado local, etc...

O Athame deve ser consagrado no momento em que a Bruxa é iniciada, e deve ser usado apenas por você, e por nenhuma outra pessoa mais. Não deve ser nunca usado para cortar coisas ou fazer desenhos em que seja utilizado sangue. A faca de dois gumes e de cabo branco, também chamada "Bolline", é a que deve ser utilizada para cortar madeiras, ervas etc..., seu cabo é branco para que se consiga distinguí-la do Athame ritualístico.

A espada

A espada pode ser também utilizada, já que possui as mesmas propriedades do Athame, porém é mais difícil manuseá-la, e se o ritual for praticado em lugares fechados, poderá haver o problema de espaço, e além do mais o Athame é mais fácil de ser transportado.

A espada cerimonial representa o elemento fogo e é o símbolo da força do bruxo, em certas tradições wiccanianas a espada cerimonial é usada no lugar do punhal de cabo preto (athame).

O Cálice

O Cálice é o Instrumento do Elemento Água e representa a Deusa e a fertilidade. Ele deve ser feito de qualquer material e é usado nos rituais com o propósito de guardar a água ou outra bebida durante os rituais. É com o cálice que se compartilha as bebidas ritualísticas entre irmãos da Arte, e também guarda a bebida oferecida à Deusa e ao Deus.

Associado ao mito do Santo Graal o cálice é usado para consagrar e beber o vinho dos rituais, tendo o mesmo simbolismo do caldeirão, ele foi introduzido na Wicca em épocas mais recentes. Em algumas tradições mais puristas é substituído por uma concha ou um chifre onde se toma o vinho. Ele também pode ser substituído por uma taça , ou mesmo um copo, desde que não seja de material sintético, da mesma forma que o caldeirão liga-se à água.

A Túnica

Embora muitos "Covens" ( nome pelo qual são conhecidas as assembléias dos Bruxos que significa "Irmandade") prefiram trabalhar "Vestidos de Céu", ou sejá completamente nus, existe a opção de se usar a túnica tradicionalmente negra.A cor negra isola as energias negativas, sendo ótima para ser usada quando se tem contato com grandes multidões ou pessoas negativas, pois impede que a sua energia seja "Vampirizada". A cor negra não tem nenhuma ligação com o Mal, como se costuma pensar erroneamente, ela representa o Útero Universal do qual nasceu toda a luz, a escuridão da Terra onde germinam as sementes, porém não se deve usar somente a cor negra, pois precisamos da vibração de todas as cores, e muito menos por mero exibicionismo ou para parecer ESOTÉRICO!

 

Trabalhar nu ou com túnica deve ser uma escolha do grupo, deve-se ter o cuidado para que a nudez não atraia pessoas mal-intencionadas. A nudez deve ser um sinal de pureza, de libertação de nossos medos e tabus.

Para tanto é preciso ter um coração puro diante dos Deuses e dos nossos semelhantes, trabalhando muito bem com nossos corpos, é impossível se trabalhar inibido(a) pela nudez, o que tornará o ritual totalmente improdutivo. Se esta for a situação é melhor usar uma túnica mas com o tempo é preciso superar esses bloqueios pois eles são frutos de uma formação moral Judaico-Cristã repressiva, sendo que a nudez deve ser encarada como algo natural.

O Pentagrama

Embora muitos achem que o pentragrama não pertença originalmente à Bruxaria ele se tornou um de seus maiores símbolos. A estrela de cinco pontas representa as quatro energias formadoras de nosso planeta, isto é, Água, Fogo, Terra e Ar, mais o quinto elemento que é o Espírito, usado com uma ponta para cima ele é o símbolo da magia benéfica, onde a energia do Espírito controla as quatro energias formadoras da matéria.

Muitos satanistas usam o pentagrama com duas pontas para cima, significando o triunfo da matéria sobre o espírito, ou a vitória do Mal sobre o Bem, mas devemos lembrar que originalmente o pentagrama com duas pontas para cima representa o Deus Cornífero e o Útero da Grande Mãe por sua semelhança com um útero e duas trompas.

Só depois do advento do Cristianismo ele foi desvirtuado como um símbolo do Mal.

Quase todos Bruxos e Bruxas usam um pentagrama no pescoço como símbolo de sua religião mas isto não é nenhuma obrigação.

O Sino

Muitos bruxos costumam tocar um sino de metal no início e no final de cada ritual, acredita-se que os maus espíritos não gostem do som do sino.Os sinos são tocados também em vários ritos funerários para abençoar a alma do Bruxo que cruzou o reino dos mortos.

O Sino é um Instrumento mito antigo na magia. Tocar um Sino, emana vibrações que tem efeitos poderosos devido ao seu volume, tom e material de construção. O Sino, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é um Instrumento feminino e é utilizado para Invocar a Deusa em alguns rituais, e dar o sinal de começo ou final de alguns Spells. É também utilizado para afastar Espíritos ruins, assim como Evocar Boas Energias. Algumas pessoas acreditam que colocando um Sino pendurado na porta, este vai proteger e guardar a casa

BOLA DE CRISTAL

As Bolas de Cristal de Quartzo são um símbolo importante na Magia. Hoje em dia, as Bolas de Cristal ficaram populares, e não é tão difícil de se encontrar, porém preste bastante atenção se você for comprá-la, não deixe que o engane com um Bola de Vidro, que são muito parecidas com as de cristal e bem mais baratas.

Pode-se identificar uma Bola de Cristal verdadeira, pelo seu preço, seu peso, temperatura. Essas bolas são usadas nas adivinhações, e um meio de se ver as imagens que nossa mente produz. Em ritual Wiccaniano, a Bola de Cristal, é usada para representar a Deusa, já que na sua forma ( esférica ) é um símbolo da Deusa, assim como todas as rodas e círculos, e sua temperatura baixa, simboliza a profundeza do Oceano, um domínio da Deusa.

Os Cristais devem ser usados para guardar energia e para receberem mensagens do Deus. Se você tem uma Bola de Cristal, guarde-a com cuidado, além dela ser muito cara, é uma ótima forma de aumentar a energia de um local, e é também muito usada em rituais de Lua Cheia.

A Vassoura

Esta é uma velha conhecida e amiga das Bruxas! Todo Bruxo(a) que se preza tem pelo menos uma vassoura! Ela representa a união das energias universais, os pelos e o cabo representam respectivamente os orgãos sexuais feminino e masculino, havia um ritual muito antigo em que as Bruxas saíam "cavalgando" as vassouras pelos campos e dando grandes pulos para que as plantas crescessem da altura de seus saltos. Talvez daí tenha vindo a crença de que podiam voar, também haviam certos unguentos e plantas alucinógenas que provocavam a viagem astral, o que poderia dar a impressão de estar voando pelo ar.

E se as Bruxas tivessem algum modo de anular a gravidade? Talvez nós consigamos resgatar esse conhecimento algum dia... mas não tente comprovar essa teoria especialmente se você morar em APARTAMENTO !

A vassoura pode ser decorada com símbolos sagrados e ter a sua assinatura mágica antes do ritual ela é usada para varrer o local onde ele será realizado, representando a limpeza espiritual de toda energia negativa. Ela também serve de ponte entre o espaço do círculo e o mundo exterior, isto é, ela pode ser colocada deitada num ponto e se alguém precisar sair do círculo pode fazê-lo pulando a vassoura sem quebrar o círculo, e procedendo da mesma forma ao voltar.

Em algumas tradições a sacerdotisa cavalga a vassoura ao redor do caldeirão, isto é bem engraçado e nos lembra as brincadeiras de criança quando brincavamos de cavalinho mas os Deuses da Wicca tem muito bom humor e não fulminam ninguém que de algumas risadas durante o ritual, em algumas cerimônias de casamento os noivos pulam a vassoura como símbolo de sorte e felicidade.

Bruxas usam vassouras em magias e rituais. É uma ferramenta que simboliza tanto a Deusa quanto o Deus. Talvez pela sua forma, a vassoura se tornou uma poderosa ferramenta contra maldições e práticas de Magia Negra. Se deitada sobre a entrada de uma casa, ela "varre" todos os spells que forem jogados na casa ou em alguém que more nela. Se colocada embaixo do travesseiro, ela traz bons sonhos e protege.

As Bruxas européias foram identificadas com a vassoura por causa das falas populares, inventadas pelos perseguidores de Bruxas, que diziam vê-las voando em suas vassouras. Isso é totalmente ridículo, visto que na verdade, a vassoura era usada em danças nos rituais, e por isso, ligada ao ato de voar....

Ainda hoje, a vassoura é muito usada na Arte. Um Wiccaniano deve começar o ritual "varrendo" o local com a Vassoura Mágica. Depois disso, o Altar é construído, as ferramentas são carregadas e o ritual está pronto para começar. Não é necessário que a vassoura toque o chão. Faça apenas os movimentos, visualizando que você está tirando todas as forças negativas que estão naquele local. Ela purifica a área usada para os rituais.

Como é um Instrumento de Purificação, a vassoura é ligada ao Elemento da Água, por isso, é usada em todos os Rituais ligados a Água, assim como Feitiços do Amor e Trabalhos Psíquicos. Algumas Bruxas colecionam vassouras, e mostram exuberantes variedades em seus materiais , fazendo disso um Hobby muito interessante, chegando até a fabricá-las. Se você deseja fazer uma Vassoura Mágica, deve tentar a antiga fórmula: um corpo de resíduo mineral, galhos de vidoeiros e uma atadura de salgueiro. O resíduo mineral é para a proteção, o vidoeiro purifica, e o salgueiro é sagrado para a Deusa. É claro que um galho de qualquer árvore ou arbusto deve servir para substituir a vassoura.

A Varinha Mágica

A varinha é um Instrumento de Invocação. É usado para dirigir a energia, desenhar Símbolos Mágicos ou o Círculo, mexer coisas no Caldeirão, ou até mesmo para invocar um Deus ou uma Deusa. É o Instrumento do Elemento Fogo. A Varinha normalmente é feita de madeira, e há algumas madeiras tradicionais usadas na "fabricação" de uma varinha: Salgueiro, Sabugueiro, Carvalho, Macieira, Pessegueiro, Aveleira, etc...

Quando um Wiccaniano corta um galho de uma árvore, ele agradece à Natureza e pede permissão para a mesma, para retirar o galho. Alguns Wiccanianos cortam o galho na junção da árvore até sua extremidade, mas não é necessário. Qualquer galho forte e reto, serve para se fazer uma varinha. Algumas lojas vendem a varinha já pronta, como pode ser vistas em sites de venda de Instrumentos de Wicca. Nunca usei uma varinha já pronta, prefiro fazer a minha, portanto não sei se as compradas terão o mesmo efeito de magia. Alguns livros dizem não haver problemas com uso de uma varinha já pronta, fabricada por outra pessoa. Essas varinha prontas vendidas em alguns sites são muito bonitas, bem fabricadas e com ótimo acabamento. Não é necessário que você use sempre a mesma varinha pelo resto de sua vida, portanto use uma que você se sinta confortável e só mude de varinha quando você achar que é necessário.

O Livro das Sombras

O Livro das Sobras é um livro que todo Wiccaniano deve ter, e vai servir como um diário para que a(o) Bruxa(o) possa anotar todos os seus passos na magia. É fácil de achar, já que não existem regras para o Livro das Sombras. Qualquer caderno ou agenda com páginas internas brancas deve servir.

No dia-a-dia a(o) Bruxa(o) deve escrever no seu Book, rituais, spells, invocações, ou qualquer coisa que tenha criado com a ajuda da magia. Isso vai ajudá-la(o) para que se consiga ver seu desenvolvimento, assim como guarda muito de cada pessoa. Tudo o que você achar importante deve ser registrado no Book, como uma forma de se guardar seus próprios conhecimentos e descobertas. Algumas Bruxas(os) modernas(os) já se utilizaram do computador como seu Book of Shadows, é o Disco Rígido das Sombras, mas eu não aconselho, por vários motivos, o primeiro que outras pessoas poderão ler o que você escreveu, outra e a mais importante, é que se você "perder os files" dificilmente serão recuperados.

O Pentáculo

O pentáculo é um disco chato de madeira, metal, argila ou outro material com um pentagrama no meio.

A tradição diz que se o pentáculo for de madeira ou argila deve ser feito pelas mãos do próprio bruxo(a), se for de metal deve possuir símbolos gravados pelo seu dono.

O pentáculo deve ser usado quando for realizar sortilégios que utilizem ervas, pedras, raízes, folhas e todas as coisas provenientes da Terra. Para tal consagre os elementos que irá usar através do pentáculo invocando sua força e o seu poder mágico, moedas podem ser consagradas rapidamente se forem deixadas repousando sobre o pentáculo por alguns minutos, depois coloque-as na carteira ou utilize-as na confecção de talismãs para atrair prosperidade.

Turíbulo

No mercado existem vários modelos e tipos de incensórios eles servem para queimar os incensos e dar um ar mais mágico aos rituais, lembre-se que é através da fumaça do incenso que seus pedidos são levados aos Deuses

Pode ser comprada ou feita por você mesmo. Não é necessário que o incensório seja bonito, ou cheio de enfeites, varia de acordo com o gosto de cada pessoa.. Ele pode ser simples, ou completo, isso vai depender. Se você não está acessível a nenhum lugar para comprar um incensório, você pode fazer um utilizando-se por exemplo, de uma taça ou copo, uma tigela ou uma concha funda com areia e sal. A areia e o sal absorvem o calor, e evita que possa quebrar-se ou rachar-se.

Os incensos são muito usados em rituais. Quando não se fala na necessidade de utilizar um determinado tipo de incenso, use sua intuição para usar o incenso certo. Nas cerimônias de Magia, o Deus e a Deusa podem ser vistos entre a fumaça feita pelos incensos. Essa fumaça pode ser aspirada, nos deixando relaxados e algumas vezes até em estado de consciência diferente. Esses rituais são feitos em lugares fechados, um incensório passa a ser de muita importância, assim como o incenso, porém, em lugares abertos, o incenso pode ser substituído por qualquer outro tipo de chama, e o incensório não precisa ser utilizado, já que se pode colocar o incenso diretamente na terra. Alguns Wiccanianos ligaram o incenso ao Elemento Ar, e são colocados frente às estátuas ou imagens da Deusa e do Deus.

O Buril

O buril é um ferro de gravar usado por muitos bruxos para marcar ritualisticamente nomes sagrados, números, runas e vários símbolos mágicos e/ou astrológicos em seus instrumentos.

As Velas

Existem vários formatos de castiçais no mercado desde os simbolizando o Sol e a Lua quanto outros mais sofisticados, as velas também estão tendo um grande aumento no mercado esotérico com vários formatos, cores e aromas assim devemos deixar nossa criatividade tomar conta de nós.