Make your own free website on Tripod.com

Auto-Dedicação

 

Antes de se iniciar como bruxo(a) Wiccaniano(a) você deverá passar por um ritual de dedicação onde se comprometerá com os Deuses a estudar e praticar a Antiga Arte durante um ano e um dia, mas tenha em mente que este é um período mínimo de estudo para você ter idéia de como as coisa funcionam na Wicca... um verdadeiro Bruxo(a) não se faz apenas neste período e sim com o tempo e com o estudo.

Apenas após esse período caso ainda queira seguir o caminho da Wicca você deverá se iniciar.

Bem você deve se estar perguntando porque 1 ano e 1 dia? Nosso calendário é diferente do Gregoriano para nós os meses tem 28 dias ( 4 fases lunares de 7 dias cada ) daí se somarmos teremos: 28 dias x 13 meses = 364 dias mais 1 dia para termos os 365 dias do ano, daí a expressão 1 ano e 1 dia.

O ritual a seguir foi adaptado dos livros: "A Dança Cósmica das Feiticeiras, Feitiçaria - A Tradição Renovada e Wicca - A Feitiçaria Moderna".

Se você deseja se tornar um bruxo e não pode ser iniciado por um Coven ( ou se prefere trabalhar como um Bruxo Solitário ) pode iniciar-se na Arte e dedicar-se à Deusa e ao seu Consorte realizando o ritual de Auto-Iniciação em uma noite de lua cheia ou crescente, em qualquer um dos 8 Sabaths ou no seu aniversário.

No dia escolhido procure meditar sobre a importância do passo que você pretende dar e sinta em seu coração se essa é a sua verdadeira vontade. Nesse dia evite comer carne vermelha ou qualquer alimento que tenha recebido aditivos químicos, prefira frutas e legumes, procure também evitar o contato prolongado com muitas pessoas, os humores variados podem influenciar o equilíbrio de suas energias. Lembre-se que todo Bruxo precisa ter em mente os 4 Poderes Tradicionais :

Saber, Ousar , Querer e Calar

Para este ritual você vai precisar de :

Caldeirão

Água da Fonte ou Mineral

Athame

Cálice

Uma Vela Preta

Uma Vela Branca

Incensário com Incenso de Jasmim ou Mirra

Vinho Tinto que deverá ter passado a noite anterior à luz da Lua Crescente ou Cheia para ter sido energizado.

Maçã

Rosas Brancas e Rosas para enfeitar o altar

Sal Marinho

Ao entardecer comece a preparar seu quarto ou o local escolhido para o ritual, arrume seu altar com o caldeirão cheio de água da fonte ou mineral, o athame e o cálice. Prepare o incensário com um incenso de Jasmim ou Mirra, enfeite o altar com rosas coloridas, coloque a vela preta do lado esquerdo simbolizando a Deusa e a vela branca do lado direito simbolizando o Deus, coloque a maçã próxima ao caldeirão junto com a garrafa de vinho tinto.

Um pouco antes do horário programado tome um banho ritualístico para se limpar de todas energias negativas, utilize um pouco do sal marinho misturado a água, neste momento tenha em mente que seu corpo está sendo purificado dos velhos conceitos, à partir de agora você estará se preparando para um novo nascimento :

O Nascimento para a Antiga Arte: a visão que você tinha até então dará lugar a uma nova forma de pensar e sentir os outros a sua volta.

Ao término do banho não utilize nenhuma toalha, deixando que seu corpo seque-se naturalmente, não vista nenhuma roupa ( ao fazer este ritual não utilize : anéis, brincos, pulseiras, relógio, ... deixe seu cabelo solto, você deverá se apresentar aos Deuses como você nasceu ).

Dirija-se ao local escolhido para o ritual, antes de começar pegue sua vassoura e varra todo o local, não deixe que os pelos da vassoura toquem o chão, enquanto varre mentalize todas as energias negativas sendo varridas.

Trace no chão um círculo com cerca de 1.50 mts de diâmetro, salpique um pouco de sal ( simbolizando o elemento Terra ) sobre o círculo para consagrá-lo dizendo :

Com o sal eu consagro e abençôo este círculo

Sob os nomes divinos da Deusa e do seu Consorte: O Deus Chifrudo

Abençoado Seja !

Acenda o incenso e volte-se aos 4 pontos enquanto diz :

Salve Guardiões das Torres de Observação do Leste Poderes do Ar!

Salve Guardiões das Torres de Observação do Sul - Poderes do Fogo !

Salve Guardiões das Torres de Observação do Oeste - Poderes da Água !

Salve Guardiões das Torres de Observação do Norte - Poderes da Terra !

Que a força dos elementais me protejam e me guiem.

Que Assim seja e que Assim se faça para o bem de todos !

Acenda as velas e diga :

O fogo esta aceso

O ritual começou.

O círculo está montado entre os mundos.

Além dos limites do tempo onde a Noite e Dia, Nascimento e Morte,

Alegria e Tristeza tornam-se uma só coisa.

Que nenhum mal aqui possa entrar ou sair.

Que assim seja e assim se faça para o bem de todos.

Sente-se no centro do círculo, voltado para o Norte e feche seus olhos, sinta toda a energia que existe dentro de você, saiba que a Grande Mãe vive dentro do seu coração, quando se sentir pronto, coloque-se de joelhos, segure o athame com as duas mãos e aponte-o para o céu dizendo :

Eu te invoco e te chamo Oh Deusa Mãe criadora de vida e alma do Universo infinito.

Pela chama da vela e pela fumaça do incenso eu te invoco para abençoar este ritual.

E para garantir a minha admissão na companhia dos teus filhos amados.

Oh Bela Deusa da vida e do renascimento que é conhecida como : Cerridwen, Astarte, Atenas, Brígida, Diana, Ísis, Melusine, Afrodite e por muitos outros nomes divinos.

Neste círculo consagrado à luz de velas eu me comprometo a te honrar, a te amar e a te servir.

Enquanto eu viver prometo respeitar e obedecer à tua lei de amor a todos os seres vivos.

Prometo nunca revelar os segredos da Arte a qualquer homem ou mulher que não pertença ao mesmo caminho.

E juro aceitar o Conselho Wiccaniano de "Não prejudicar ninguém façam o que quiserem"

Oh Deusa Rainha de todas as Bruxas, abro meu coração e minha alma para ti.

Que assim seja !

Pegue a maçã e parta-a em duas, coloque as duas metades em cima do altar, pegue a taça e encha-a de vinho , erga-a e diga :

Eu te invoco e te chamo Oh Grande Deus Chifrudo dos pagãos, Senhor das matas verdes e Pai de todas as coisas selvagens e livres.

Pela chama da vela e pela fumaça do incenso eu te invoco para abençoar este ritual.

Oh Grande Deus Chifrudo da morte e de tudo que vem depois, que é conhecido como : Cernunnos, Attis, Pã, Daghda, Fauno, Frey, Odin, Lupercus e por muitos outros nomes, neste círculo consagrado à luz de velas eu me comprometo a te honrar, a te amar e a te bem servir enquanto eu viver.

Oh Grande Deus Chifrudo da paz e do amor, abro meu coração e minha alma para ti.

Que assim seja !

Introduza o athame na taça e diga :

A Sagrada União foi feita, e dela geram todas as coisas !

Beba o vinho sabendo que ele representa o sangue da Deusa, aquele que tudo fertiliza, saiba que através dele tudo pode ser alterado. Magia é transformação, deixe que Ela lhe toque e lhe transforme.

Feche os olhos e deixe os sentimentos tomarem conta de você, caso escute alguma voz ou sinta alguma presença não se assuste: Confie na Grande Mãe e em seu filho. Abra os olhos e coma a maçã.

Quando se sentir pronto abra o círculo dizendo :

O círculo esta fechado, porém não esta encerrado.

Que o poder sempre esteja comigo quando eu precisar.

Encerro agora este círculo !

Que assim seja e que assim se faça para o bem de todos.

A Auto - Dedicação esta completa, deixe as velas e o incenso queimarem até o fim, nesta noite durma sem roupa de preferência.... no dia seguinte pegue os restos das velas e o pó do incenso e enterre em um jardim ou vaso.